tamanho da letra : imprimir

As ações da indústria óptica

Uma visita ilustrada à Suntech Supplies

A equipe da VIEW fez um tour pela fábrica da Suntech Supplies em Itupeva, cidade a 80 quilômetros da capital paulista, para conhecer as linhas de produção das marcas HB Hot Buttered e Secret.
Andrea Tavares Andrea Tavares e Divulgação

Enviar por email

Compartilhar

Já foi o tempo que o Brasil contava com um considerável polo produtor de óptica. Principalmente de óculos. A abertura às importações no início da década de 90 e a “explosão produtiva” da China instauraram uma nova dinâmica no mercado, cujas empresas passaram a considerar cada vez mais atraente a possibilidade de operar como importadoras, deixando a fabricação de lado. Hoje, mais de uma década mais tarde, com o Brasil figurando como uma promissora terra de oportunidades no cenário mundial, começa-se a fazer o caminho de volta. Mais que pensar em preço, produzir em solo nacional pode representar a velocidade e a qualidade que os negócios cada vez mais exigem para que se trabalhe com a saúde financeira em dia.

Um ponto desfavorável de toda essa questão é que a escassez de fábricas deixa o varejo, a outra ponta do negócio, pouco íntimo dos processos produtivos. Afinal, entender os ciclos pelos quais um par de óculos passou até chegar à óptica, prontinho para ser vendido, sempre agrega e traz novas percepções ao trabalho. Foi exatamente por isso que a VIEW em mais uma vez em suas páginas compartilhar esse assunto. Dessa vez, a gente escolheu por reproduzir os destaques dessa visita de forma ilustrada, isto é, investindo em boas imagens para descrever os melhores momentos desse dia passado na unidade produtiva da Suntech Supplies, fundada há 13 anos e comandada pela família Cornaviera.

Aliás, um ponto que vale sempre ser lembrado é que a Suntech Supplies tem a licença mundial para a fabricação dos óculos da HB Hot Buttered. Portanto, em qualquer lugar do mundo que se vá e alguém estiver usando um HB autêntico, esse exemplar tem o Brasil como berço.

Pesquisa e desenvolvimento
Após a pesquisa de tendências, as criações pensadas em “caráter estético” ganham uma extensa análise de viabilidade técnica. As inspirações são traduzidas em informações técnicas a fim de que cada modelo lançado alcance os padrões de qualidade da empresa, cujo processo produtivo é certificado pela Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT). A Suntech Supplies é a única indústria óptica do país a contar com essa certificação técnica.

A percepção física
Depois de todas as questões técnicas pensadas e resolvidas, uma máquina de estereolitografia (ainda mais precisa que uma impressora 3D) “imprime” a peça, que será mais uma vez averiguada para, então, partir-se para o próximo passo.

Hora de fabricar
O protótipo aprovado em termos técnicos, comerciais e de design é o sinal verde para a encomenda dos moldes, que vêm da Itália ou da China.

Império do injetado
Por ser uma fábrica que opera exclusivamente com a produção de óculos injetados, a Suntech tem o grilamid como matéria-prima essencial. Exatamente para caracterizar essa vocação, a empresa rebatizou-o com um nome exclusivo: Polytech. A matéria-prima chega em grãozinhos, que são aquecidos a 250 graus na máquina injetora a fim de se materializarem em óculos minutos depois.

A colocação da charneira
O operador embute a dobradiça na máquina por um processo de descarga elétrica, a uma temperatura de 200 graus.

Laboratório das cores
Com os conceitos da nova coleção definidos pela área de pesquisa e desenvolvimento, o profissional das cores entra em ação para desenvolver os tons da estação. Em uma balança de precisão, vai combinando pigmentos para chegar aos tons desejados que, aprovados, têm suas formulações enviadas para o fornecedor das tintas, que irá fabricá-los em larga escala e com exclusividade.

Seção de pintura: o momento arte da produção
Há vários processos para pintar e criar efeitos coloridos nos óculos. Uma delas é a pintura com aerógrafo, realizada manualmente. Um recurso interessante é a tela de metal com um trama cortada a laser, que é colocada na frente do modelo durante a pintura. Com isso, cada peça ganha um trabalho único de cor.

Na sequência, outros pintores aplicam as demais cores necessárias. Cada peça passa por, pelo menos, três funcionários do setor. Pintura concluída, a peça vai receber uma aplicação de verniz, a fim de ganhar brilho e resistência.

A impressão nos óculos
Na Suntech, há três métodos de gerar efeitos coloridos nos modelos: impressão por tampografia, impressão digital e impressão a laser (na foto, cada armação é um processo).

O corte das lentes
Produzir as armações é apenas uma parte do processo. Há ainda as lentes, especialmente no caso dos óculos solares. A “lapidação”, isto é, o acabamento das bordas da lente para que se ajuste perfeitamente aos aros dos óculos é um processo essencial para garantir qualidade óptica. São duas ferramentas nesse processo: a primeira realiza o corte da lente no tamanho do frontal, enquanto a segunda entra em cena para fazer o acabamento do corte com a máxima precisão.

Preocupação ecológica
Um aspecto muito interessante e que vale destaque na visita à Suntech Supplies é a preocupação com o ambiente. Entre outros processos, a água usada na produção é tratada antes de ser descartada. As sobras de grilamid – ou melhor, do Polytech, são usadas na fabricação de protetores de charneiras para evitar que fiquem sujas durante o processo de pintura.

Sting ganha rosto brasileiro

Enviar por email

Compartilhar

Da mesma forma que Police em 2012 com o trio eletrônico Dexterz, o mercado brasileiro ganhou este ano uma campanha exclusiva para a Sting, ambas marcas do portfólio da Wilvale De Rigo. O escolhido da vez é o vlogger (do inglês, palavra que define donos de blogs de vídeos) e apresentador da MTV, PC Siqueira, que obteve repercussão na mídia e alcançou o status de celebridade em 2010 com o canal Maspoxavida no Youtube (goo.gl/vh7PDU).

O tema da campanha, concebida pela agência italiana Auge Headquarter, cujos conceitos foram reproduzidos no Brasil pelo fotógrafo Gabriel Wickbold, é “Taste the look” (do inglês, algo como “saboreie o olhar”) com referências à pop art do artista norte-americano Roy Lichtenstein em ilustrações de street food (do inglês, “comida de rua”, promovida à tendência entre os modernos, que elevaram os tira-gostos vendidos em ambientes externos a iguarias cobiçadas entre os descolados).

Making of: PC Siqueira nos bastidores da campanha

Para saborear o olhar: referências à pop art de Roy Lichtenstein e às comidinhas de rua

© Divulgação

Essilor dá carros em nova promoção

Enviar por email

Compartilhar

Chama-se Toma lá, dá carro a nova campanha da Essilor destinada aos consultores ópticos brasileiros. Serão seis carros (entregues na forma de certificados de barra de ouro), 300 iPods Shuffle, 40 iPads e 60 iPhones. Vencem aqueles que acumularem mais créditos nas vendas das lentes Essilor e Brasilor.

A promoção começou em 1º de setembro e se estende até 31 de dezembro e é dividida em quatro etapas (uma em cada mês), com a concessão de parte dos prêmios em cada uma delas. Para participar, é preciso se cadastrar no site da promoção (www.tomaladacarroessilor.com.br) e inserir os códigos de barra dos produtos vendidos.

© Divulgação

Flávia Alessandra para Bulget

Enviar por email

Compartilhar

A linha feminina da Bulget tem um novo rosto: a atriz global Flávia Alessandra, que foi fotografada no começo de agosto para sua primeira campanha da marca que integra o portfólio da GO no Bar Des Arts, restaurante no bairro do Itaim Bibi, zona sul de São Paulo. A região francesa da Provença é a inspiração da temporada, destacando a face encantadora e romântica do estilo de vida francês. Na mesma semana, o ator Edson Celulari, garoto-propaganda da linha masculina, também foi clicado para a nova campanha em um casarão paulistano.

A Bulget sempre mantém celebridades como rostos de suas campanhas, tanto para a versão feminina quanto para a masculina. Antes de Flavia Alessandra, as atrizes Guilhermina Guinle e Daniela Escobar ocuparam o posto. No flanco masculino, Edson Celulari está há anos cativo na posição, que já foi de Fábio Assunção.

Making of: o restaurante Bar des Arts foi o cenário da primeira campanha de Flávia Alessandra

Resultado: a versão final da campanha

Edson Celulari: rosto “cativo” para a linha masculina da Bulget

© Divulgação

Ana Hickmann trabalhada no Oriente

Enviar por email

Compartilhar

As referências do Oriente Médio, especialmente da cidade turca de Istambul, são o tema da nova campanha da marca de Ana Hickmann, cuja coleção de óculos é comercializada pela GO.

Batizada de Orient Express por conta do serviço de trens de luxo, cujo nome pode ser traduzido para o português como “Expresso do Oriente”, que foi criado no final do século 19 e o primeiro da Europa a oferecer vagões-dormitório e vagões-restaurante em seus serviços no trajeto entre Paris e Constantinopla (hoje, Istambul), a campanha foi produzida no final de julho, com fotos de Valério Trabanco em duas locações diferentes de São Paulo: a estação da Luz e o restaurante Chakras, localizado nos Jardins.

Orient Express: algumas das versões finais da nova campanha de Ana Hickmann que estamparão os materiais de ponto de venda para o varejo

© Divulgação

J&J produz novo filme para tevê

Enviar por email

Compartilhar

A sensação de estar sem lentes de contato é o mote do anúncio para tevê da Acuvue Trueye, o mais recente lançamento da divisão Vision Care da Johnson & Johnson, que está sendo veiculado nos intervalos dos principais programas da TV Globo na praça de Curitiba, de agosto a novembro.

Mais que promover o lançamento, o filme, desenvolvido pela agência Audaz Comunicação e Design, tem por objetivos aumentar a conscientização do público e incentivar o uso correto das lentes de contato, mostrando a protagonista desde a consulta com o especialista até vários momentos de uso. O anúncio também está disponível no canal da Acuvue no Youtube (http://goo.gl/awK1q2).

Acuvue no ar: filme também procura aumentar a conscientização do mercado consumidor

© Divulgação

Benetton para Luxx

Enviar por email

Compartilhar

Está assinado: a partir de 1º de janeiro, a Luxx passa a comercializar em território nacional a coleção de armações de receituário e óculos solares da United Colors of Benetton, produzida pela corporação italiana Allison.

Até então, a Benetton operava sob condições especiais no Brasil: a licença para criação, fabricação e comercialização da coleção da marca no país pertencia à Tecnol. Com a compra da Tecnol pela Luxottica no final de 2011, houve a possibilidade de estender a licença da Allison para Benetton também para o Brasil.
A parceria entre as duas empresas iniciada com a marca italiana que tem a polêmica em seu DNA deve render novos frutos no decorrer de 2014, com a adição de outras grifes do portfólio da Allison à linha de produtos da Luxx.

Luxx: Benetton muda de mãos no Brasil

© Divulgação

Conexão Celebridade

Quem, onde, quando, como e porquê: a VIEW mostra flashes dos famosos e seus óculos enviados à redação durante a elaboração desta edição.

Enviar por email

Compartilhar

O cantor Roberto Carlos: Evoke (Brazilian Lab) modelo Emerson Fittipaldi Signature Series

 

O presidente do Barcelona, o espanhol Sandro Rosell: Black Fin (Pramaor – Italiana Investimenti) modelo Sensation Black

 

A celebridade Paris Hilton: Tom Ford (Marcolin) modelo Angelina (FT0317)

 

A vocalista da banda britânica, The Saturdays, Frankie Sandford: Swarovski (Marcolin) modelo SK0022

 

O cantor Naldo Benny: DSquared² (Marcolin) modelo DQ0110 01B

 

A top inglesa Cara Delevigne: Carrera (Safilo) modelo 5001

 

A cantora Katy Perry: Tommy Hilfiger (Safilo) modelo TH 1187S

 

A atriz Jessica Alba: Carrera (Safilo)

 

A atriz norte-americana Olivia Palermo: Givenchy (Wilvale De Rigo) modelo SGV781

 

A atriz e modelo britânica Rosie Huntington-Whiteley: Givenchy (Wilvale De Rigo) SGV828

 

© Divulgação

Enviar por email

Compartilhar

Últimas edições