tamanho da letra : imprimir

As ações da indústria óptica

Jude Law, o novo rosto da Vogue

Enviar por email

Compartilhar

Ninguém menos que o ator britânico Jude Law, astro de filmes como Sherlock Holmes e Closer, foi o rosto escolhido pela Vogue, marca da italiana Luxottica, para a estreia de sua linha masculina, a Vogue Eyewear for Men. O fotógrafo alemão Peter Lindbergh foi o responsável por fazer as imagens para a primeira campanha, que teve como locação a centenária casa Master Shipwrights e a Watergate Street, em Londres.

 

Making of: Jude Law posa para as lentes de Peter Lindbergh

 

© Divulgação

 

GO no SPFW

Enviar por email

Compartilhar

Os óculos tiveram um lugar privilegiado na edição de primavera-verão do São Paulo Fashion Week, realizada de 11 a 16 no prédio da Bienal. Além de marcas que lançaram mão de solares como toque final a seus looks nas passarelas, a GO esteve presente com espaços nos lounges das revistas Quem e Marie Claire e da revista Vogue, promovendo, respectivamente as marcas Atitude e Ana Hickmann. Celebridades da tevê e da moda passaram por lá para conhecer as coleções.

 

Lounge Vogue: a atriz Julia Almeida

 

Lounge Quem/Marie Claire: a atriz Adriana Birolli

 

Lounge Quem/Marie Claire: o estilista Dudu Bertholini

 

Lounge Quem/Marie Claire: o ator Tiago Abravanel

© Divulgação

 

Essilor e Drummond na Flip 2012

Enviar por email

Compartilhar

O cenário é histórico e o evento já é tradicional: este ano, de 4 a 8 de julho, a cidade de Paraty acolheu a 10ª edição da Festa Literária Internacional de Paraty (Flip), um dos maiores e mais importantes festivais do gênero no mundo, realizado anualmente pela Associação Casa Azul.

Entre escritores e leitores, milhares de visitantes participaram da programação da festa, dividida entre os convidados ilustres nas 21 mesas da programação principal, as sessões de leitura, debates e filmes da Casa da Cultura, a FlipZona, com programação para o público jovem e a Flipinha, para o público infantil. O curioso é que, mesmo com tantas atrações, o centro das atenções foi um simpático senhor de óculos que descansava em um banquinho em frente à casa ocupada pela Companhia das Letras, na praça da Matriz. Nada mais justo, afinal se tratava do homenageado do ano: o poeta e cronista mineiro Carlos Drummond de Andrade.

O escritor, que completaria 110 anos em outubro, distribuiu autógrafos para os fãs e também pôde ser visto circulando pelas estreitas ruas de pedra da cidadezinha. A façanha se tratava de uma ação da Essilor Brasil, que participou pela primeira vez do evento com a sua marca Varilux levando uma estátua viva que surpreendia os visitantes da Flip e uma réplica da escultura localizada na praia de Copacabana, adotada e preservada pela corporação francesa desde 2008.

Ao contrário da obra original, que teve os óculos furtados por várias vezes antes de ser adotada pela Essilor, a estátua de Paraty só era alvo de manifestações de carinho: logo que que era colocada na rua, começavam as sessões de fotos com direitos a abraços, carinhos e beijos dos turistas. O tratamento não era muito diferente com a estátua viva, que “autografou” livros com um carimbo que levava a assinatura de Drummond. Também foram distribuídos marcadores de livros com formato dos óculos do escritor.

Como homenageado do ano, Carlos Drummond de Andrade foi tema de todos os debates realizados durante o evento e também será lembrado em atrações nas escolas públicas locais e na exposição Faces de Drummond, o poeta e seu avesso, na Casa de Cultura de Paraty, aberta à visitação até o final de outubro.

A edição 2012 da Festa Literária de Paraty bateu recordes de visitação. Segundo a organização, foram mais de 25 mil visitantes em cinco dias de festa. Em dez anos, a Flip já reuniu 327 autores de 40 nacionalidades, sete curadores, e trouxe um homenageado em cada edição, sendo, além de Drummond, Oswald de Andrade, Gilberto Freyre, Manuel Bandeira, Machado de Assis, Nelson Rodrigues, Jorge Amado, Vinícius de Moraes, Guimarães Rosa e Clarice Lispector.

 

Os dois Carlos: a réplica da estátua da Praia de Copacabana e a estátua viva

 

Drummond na Flip: a interação do público com o autor

© Divulgação

 

Optitex fora da feira em 2013

Enviar por email

Compartilhar

A indústria de estojos anunciou que não participará da Expo Abióptica por um ano, pois concentrará seus investimentos e esforços na renovação da fábrica e na diversificação dos negócios. Mas já assegurou seu retorno para 2014.

 

A lenda Ray-Ban

Enviar por email

Compartilhar

O ano de 2012 chegou e, com ele, o 75º aniversário da Ray-Ban, a icônica marca de óculos lançada em 1937 pela Bausch & Lomb nos Estados Unidos e que, desde 1999, pertence à Luxottica.

E para celebrar data tão especial, a corporação italiana lançou a campanha Legends (do inglês, “lendas”), composta por sete imagens, cada uma retratando uma década da trajetória da marca representada pela história de um personagem real e de perfil iconoclasta que não se rendeu às convenções da época. Até o aspecto cromático de cada época foi levado em conta na produção das imagens com o uso de preto e branco, sépia ou colorido. E cada personagem está associado a um modelo ícone da marca, como o Aviador em 1937, o Round em 1971 e o Cats em 1982.

Em www.ray-ban.com, é possível caminhar por uma rua virtual que é a linha do tempo da campanha para conferir em detalhes a história de cada personagem, sem falar que, ao chegar a 2012, o internauta pode fazer parte da lenda, compartilhando a sua história no site.

Lançada em abril, a campanha foi produzida em janeiro, em Los Angeles, Estados Unidos, e fotografada pelo norte-americano Mark Seliger e, em junho, levou dois Leões de Ouro na 59ª edição do Festival internacional de Criatividade de Cannes, nas categorias Fotografia e Produto e serviço.

 

1937 e o Aviador RB 3025: os pilotos do Blue Ribbon, história inspirada no tenente Raymond Swalley

 

1942 e o Clubmaster RX 5154: os amantes, inspiração em Taylor Mead e a sua orientação homossexual em plena década de 40

 

1956 e o Meteor RB 4168 e RX 5226: a era rock’n’roll com o músico Norman Blagman, autor de duas músicas interpretadas por Elvis Presley

 

1965 e o Laramie RB 4169 e RB 4152: a invasão britânica e a história de Judi Cohen, a fashionista amante da minissaia

 

1971 e o The Round RB 3447: a contracultura e a trajetória da rebelde Donna Ellaby

 

1982 e o Cats RB 4126: as garotas na chuva, o espírito punk rock e a cantora Yana Chupenko

 

1992 e o RX 5228: contra o marketing, o rapper de raiz The rugged man

© Divulgação

 

PSA Nilo: nova identidade visual

Enviar por email

Compartilhar

Por conta da nova identidade visual adotada pela Transitions desde janeiro, o laboratório mineiro PSA Nilo, que tem a empresa de lentes adaptáveis como seu maior parceiro, também atualizou sua comunicação. Do site, passando pelo centro de treinamento até frota do laboratório, tudo ganhou uma nova aparência, baseada no novo layout da Transitions.

 

Renovação: PSA Nilo incorpora visual da nova campanha da Transitions

 

© Divulgação

 

Enviar por email

Compartilhar

Últimas edições