tamanho da letra : imprimir

Economia & Mercado

O top 50 do varejo norte-americano

Depois da recuperação em 2010, os 50 maiores varejistas de óptica dos Estados Unidos movimentaram quase US$ 8 bilhões em 2011, dando sequência à trajetória de crescimento do ano anterior. É o que revela a edição 2012 da VM Top 50 U.S. Optical Retailers, realizada pelo Vision Monday, publicação da Jobson Publishing.
Andrea Tavares

Enviar por email

Compartilhar

Foram alguns anos de “vacas magras” para o varejo óptico norte-americano por conta da crise econômica que abalou boa parte do mundo desde o final de 2008 – e, em cheio, os Estados Unidos. Mas, finalmente, em 2010, a óptica do país de Barack Obama começou a dar sinais de recuperação, como a VIEW mostrou na versão 2011 da VM Top 50 U.S. Optical Retailers, pesquisa realizada pelo jornal Vision Monday: os 50 maiores varejistas mostraram ganhos significativos em relação às operações do ano anterior, fechando o ano com US$ 7.386,8 milhões.

O melhor é que a trajetória seguiu ascendente em 2011: as 50 maiores redes de óptica dos Estados Unidos avançaram 7,5%, com vendas de US$ 7.939,1 milhões, raspando a casa dos US$ 8 bilhões. Outro destaque do ano foi o aumento no número de lojas: 9.891 em 2010 frente a 10.287 no ano passado, perfazendo um aumento de 4% no total de pontos de venda – no período anterior, o crescimento em total de unidades tinha sido inferior a 1%.

Composto basicamente por redes de varejo que operam sob vários nomes, o ranking dos 50 maiores detém uma fatia de 27,9% do total de vendas de produtos e serviços ópticos no varejo do setor, somando US$ 28.430 milhões em 2012, valor obtido pela pesquisa do Vision Council, a entidade de óptica número um do país. Quando avaliados apenas os dez primeiros colocados, o domínio é de 24% do mercado, com vendas de US$ 6.819,2 milhões. E esses mesmos dez são o peso pesado do varejo norte-americano: representam 85,9% do total de vendas movimentado pelos 50 maiores.

A divisão de varejo da Luxottica segue liderando o Top 50 por 13 anos consecutivos, enquanto o segundo colocado, o Wal-Mart, anunciou que incluirá pontos de óptica (ou centros de visão, como costumam denominá-las) na maioria das lojas que serão abertas nos próximos anos. Já o HVHC Retail Group é parte do The Highmark Vision Group, que reúne empresas como Visionworks of America (antes conhecida como Eye Care Centers of America), Davis Vision e Viva International Group.

Tabelas

 

Fonte: VM Top 50 2012 U.S. Optical retailers do Vision Monday, publicação da Jobson Publishing.

 

Enviar por email

Compartilhar

Últimas edições