tamanho da letra : imprimir

Mondo Fashion

Carolina Herrera

Vestidos exuberantes, camisas brancas clássicas e perfumes consagrados, além de um estilo elegante e atemporal, são algumas das marcas registradas que consagraram a estilista venezuelana radicada em Nova York.
Sofia Prudente Divulgação Concepção Andrea Tavares

Enviar por email

Compartilhar

O início, na Venezuela

Nascida em Caracas, em 1939, Maria Carolina Josefina Pacanins y Niño se encantou pela moda em uma viagem a Paris com a avó, aos 13 anos, quando conheceu o trabalho de um dos gênios da moda, o espanhol Cristóbal Balenciaga – uma inspiração que permaneceu em seu estilo. Aos 25, foi trabalhar na tradicional Casa Pucci, na Venezuela, onde conheceu a mãe de seu segundo marido, Reinaldo Herrera Guevara, editor da revista Vanity Fair.

Divorciada e mãe de duas meninas, Carolina casou-se com Guevara em 1968, com quem teve mais duas filhas. Foi repetidas vezes citada entre as mulheres mais bem vestidas do mundo na década de 70 antes mesmo de apresentar sua primeira coleção de roupas femininas, em setembro de 1980, e, em seguida, fundar sua própria empresa, com o apoio do investidor venezuelano Armando de Armas. Em 1981, mudou-se definitivamente para Nova York com a família.

 

 

 

 

 

 

 

 

Família: Carolina Herrera e a filha Carolina Adriana, mais conhecida como Carolina Herrera Jr © Juan Gatti

Conquista da América

Carolina Herrera apresentou seu primeiro desfile de prêt-à-porter em Nova York em abril de 1981, no Metropolitan Museum. Seu estilo sofisticado e moderno, com sobreposições de tecidos variados, atraiu clientes célebres como a fundadora do império dos cosméticos, Estée Lauder, e Jacqueline Kennedy Onassis – que encomendou à estilista o vestido de casamento de sua filha Caroline.

Suas criações elegantes para o dia e para a noite logo ganharam as araras das grandes lojas de departamentos – em especial as camisas brancas, usadas constantemente pela própria Carolina e suas fiéis consumidoras. Até os dias de hoje, sua clientela se mantém estrelada, e inclui algumas das mulheres mais elegantes do show business, como Katie Holmes, Meryl Streep e Renée Zellweger.

 

Emmy 2010: Dianna Agron, a Quinn Fabray do seriado Glee, de Carolina Herrera

 

Oscar 2004: a estrela Renée Zellweger de Carolina Herrera

Sucesso dos perfumes

Em 1988, a venezuelana lançou seu primeiro perfume feminino, chamado Carolina Herrera, em parceria com a empresa de perfumaria espanhola Antonio Puig. Tudo começou dois anos antes, quando o diretor da empresa, Don Mariano Puig, percebeu em uma festa o aroma usado por Carolina Herrera – uma mistura caseira de óleo e essências de jasmim, cravo e flores.

A empreitada mudou o rumo dos negócios e a linha de perfumes ganhou papel fundamental no faturamento milionário da marca. Seu primeiro perfume masculino, Herrera for Men, foi lançado em 1991. Em 1997, foi a vez de uma das fragrâncias de maior sucesso da grife, o 212 feminino, criado em parceria com a filha da estilista, Carolina Adriana. Entre outros nomes, o portfólio inclui ainda as fragrâncias 212 Sexy, 212 Men, 212 Vip, Splash e Acqua.

Por conta do grande sucesso das linhas de perfumes no mercado brasileiro, em 2008 a estilista promoveu a comemoração dos 20 anos de seu primeiro lançamento em São Paulo, com um jantar na Casa Fasano e ainda uma mostra retrospectiva de vestidos, perfumes e campanhas publicitárias.

 

Os produtos, 30 anos depois

Carolina Herrera ganhou enorme reconhecimento com as coleções de roupas femininas e os vestidos de noiva nos anos 80. Desde então, introduziu não somente os perfumes, mas também bolsas, malas, sapatos, artigos de couro, lenços, óculos e uma coleção masculina. Em 2001, introduziu sua segunda marca, CH Carolina Herrera, com roupas e acessórios de estilo casual e esportivo, e preços cerca de três vezes mais acessíveis em comparação aos produtos da Carolina Herrera New York.

 

Estrela dos casamentos: o sucesso com os vestidos de noiva

 

Linha de difusão: a CH Carolina Herrera nasceu em 2001

Posicionamento internacional

Depois de quase duas décadas em lojas de departamentos, Carolina Herrera inaugurou sua primeira loja apenas em 2000, na Madison Avenue, em Nova York. Atualmente, sob a direção da Puig S.L. e comando criativo de Carolina Herrera (com apoio da filha Carolina no desenvolvimento de perfumes e campanhas), a grife mantém 57 lojas ao redor do mundo – incluindo flagship stores (do inglês, expressão que denomina lojas conceito) em Los Angeles, Las Vegas, Miami e Dallas e uma loja especializada em noivas na Cidade do México –, além de pontos-de-venda em lojas de departamentos em mais de 100 países.

Com a marca CH Carolina Herrera mantém lojas em mais de 50 nações, inclusive no Brasil (no shopping Cidade Jardim, em São Paulo). Estabelecida no segmento de cosméticos, a Puig S.L. tornou-se um conglomerado de empresas de moda e luxo, passando a investir em marcas de roupas e acessórios de luxo, com a aquisição de marcas como a própria Carolina Herrera e a grife francesa Jean-Paul Gaultier, com faturamento anual estimado em mais de US$ 172 milhões.

 

Paris: interior da CH Carolina Herrera na Cidade-Luz

Casamento de cinema

Para o aguardado casamento entre os personagens da saga Crepúsculo, Edward Cullen e Bella Swan, vividos pelos atores Robert Pattinson e Kristen Stewart, Carolina Herrera foi convidada a criar o belo vestido usado em cena pela noiva. Avaliado em US$ 35 mil, o vestido integrou o figurino do filme Amanhecer parte 1, lançado em 2011, e logo seu desenho discreto e sofisticado na frente com transparência e bordados nas costas foi copiado por jovens noivas mundo afora.

Amanhecer: vestido de noiva para Bella Swan

Eyewear: novidade no Brasil

A corporação italiana De Rigo é a parceira de Carolina Herrera para o segmento óptico. No Brasil, a Wilvale De Rigo deu seus primeiros passos no universo da estilista com o lançamento de CH Carolina Herrera, cuja coleção, composta por peças de receituário e solares, dá destaque para as iniciais “CH” e aposta em formas sofisticadas e contemporâneas, com mix variado de cores, materiais e texturas.

 

modelo SHE509 743

 

modelo VHE530 U83

Ícones

Camisa branca

Originalidade e elegância nos vestidos de casamento e para as cerimônias de red carpet (do inglês, “tapete vermelho”)

Perfumes, com destaque para a linha 212

 

Pronúncia

“Ca-ro-LÍ-na E-RRÊ-ra”. A grife está no topo do ranking de marcas com pronúncias fáceis, com escrita semelhante à leitura.

 

Filha e garota-propaganda: Carolina Herrera Jr na campanha da grife em 2011

www: Carolina Herrera virtual

www.carolinaherrera.com

www.twitter.com/CHerreratoo

www.facebook.com/pages/Carolina-Herrera/10862953910 www.facebook.com/CHCarolinaHerrera

 

Enviar por email

Compartilhar

Últimas edições