tamanho da letra : imprimir

A Vision Expo East em uma “Neve York”

Este ano, a edição da feira novaiorquina contou com a presença ilustre da neve, que conferiu um clima especial ao evento, que recebeu cerca de 15 mil visitantes de 90 países. Mais uma vez, a VIEW marcou presença nessa feira que é uma das mais importantes no circuito da óptica mundial.
Cíntia Marcucci Divulgação e Flavio Bitelman

Enviar por email

Compartilhar

De 14 e 17 de março, os profissionais do setor óptico que passaram por Nova York tiveram a oportunidade de curtir um visual diferente. É que, neste ano, a neve deu as caras do lado de fora do Jacob Javits Center, o pavilhão de exposições onde a Vision Expo East é tradicionalmente realizada todo primeiro semestre. Ver as pessoas chegando ao evento era como assistir a um verdadeiro desfile de moda de inverno.

Mais uma vez os números, mesmo que ainda preliminares, foram positivos: 575 expositores, que representaram cerca de 5 mil marcas, atraíram aproximadamente 15,5 mil visitantes de 90 países. Para o vice-presidente da empresa organizadora do evento, a Reed Exhibitions, Tom Loughran, a Vision Expo East é uma oportunidade para os profissionais do mercado “se encontrarem e se atualizarem, receberem educação continuada, estabelecerem e manterem relacionamentos e conferirem as tendências, tudo debaixo de um mesmo teto”. Um enorme teto de 30 mil metros quadrados e sete pavilhões, diga-se de passagem.

Outra boa notícia foi que 15 novas empresas parceiras se afiliaram à Vision Expo East (ao todo, são 46) e isso amplia todos os escopos da feira, em especial a possibilidade de eventos paralelos e descontos para as empresas realizarem esses eventos. Entre as novidades, houve uma espécie de visita guiada para novatos, mostrando os principais pontos da feira. Além disso, quatro novas áreas denominadas “Made in America” (dedicada a empresas que produzem localmente nos Estados Unidos), “Boutiques on Main” que, assim como o The French Loft, lançado no ano passado, trouxeram as últimas tendências da moda; “International Pavillion”, para expositores de outros países, e “Vision Monday’s Eye2 Zone”, espaço especial de tecnologia da Vision Monday, a publicação da Jobson Publishing.

Um concurso também foi realizado entre os visitantes para escolher o produto novo favorito desta edição. A coleção vencedora foi a da badalada grife norte-americana Badgley Mischka, comercializada pela McGee Group.

Em termos de educação continuada, mais de 350 horas de palestras, cursos e workshops se estenderam pelos quatro dias para profissionais de óptica, optometria e oftalmologia com temas divididos em quatro áreas (clínica médica, lentes de contato, soluções de negócios e tecnologia óptica) – o primeiro dia do evento é dedicado exclusivamente ao aprimoramento profissional; a feira em si se realizou de 15 a 17 de março. Além disso, um programa especial para estudantes de optometria incluiu 400 estudantes de diferentes estados dos Estados Unidos e de países como Porto Rico e Canadá.

Para 2014, a data para a Vision Expo East já está definida: 27 a 30 de março. Mas, antes disso, a costa leste dos Estados Unidos receberá em outubro, mais precisamente na cidade tão icônica quanto Nova York, isto é, Las Vegas, a Vision Expo West, que ocorrerá de 2 a 5 de outubro.

Passarela: mais uma vez, a Safilo promoveu desfiles para apresentar tendências e lançamentos. E o anfitrião foi ninguém menos que o personal stylist Carson Kreslley, um dos astros do reality show Queer eye for the straight guy

VIEW Stars

Dave Cole, José Alves e Rafael Piragine (Transitions)

Eduardo Corrocher (Marcolin)

O criador do conceito de óculos em 1 hora, Dean Butler, e agora fundador da Adlens

O designer Jérémy Tarian

Suzanne Krauss (Vision Expo)

Encontro de negócios criativos

Pelo sétimo ano consecutivo, a Jobson realizou com sucesso seu Vision Monday Global Leadership Summit, dia de conferências e painéis que teve como tema Sucesso em uma cultura de mudanças, em que nomes de destaque (tanto do mercado como fora dele) tiveram como foco a criatividade, a imaginação e a tecnologia.

Para quem se programou para estar em Nova York um dia antes da Vision Expo East já à serviço da óptica, o Vision Monday Global Leadership Summit foi a cereja do bolo do evento da costa leste norte-americana. Organizado pela Jobson Publishing, este ano teve como tema Sucesso em uma cultura de mudanças, em que nomes de destaque (tanto do mercado quanto fora dele) colocaram o foco na criatividade, na imaginação e na tecnologia.

Cerca de 400 executivos do setor marcaram presença na 7a edição do evento, que ocorreu em 13 de março, a quarta-feira anterior à abertura da feira de Nova York, e se estendeu por todo o dia todo no New York Times Center.

Logo na abertura, para manter a tradição de surpreender os participantes, o CEO (do inglês, “Chief Operating Officer“, sigla que denomina o cargo de diretor executivo) da Jobson Medical Information, Marc Ferrara, entrou no palco usando um look bem casual: jeans, camiseta e tênis. O objetivo foi estimular o público a mudar as expectativas sobre o que viria pela frente naquele dia e também para ampliar as fronteiras de seus negócios.

Antes de começarem as palestras, a diretora editorial da Jobson, Marge Axelrad, disse que “a competição vem de todos os lugares, as pessoas estão mudando o mundo com suas iniciativas. As mídias digitais permitem conectar-se com pessoas diferentes. É preciso reinventar a criatividade”.

Um toque de criatividade – Dois especialistas abriram a primeira sessão com o tema Tocando a criatividade, investigando o que as pessoas criativas de hoje estão trabalhando para mudar a sociedade, o comércio e a invenção. O diretor de medicina de grupo do MIT Media Lab, Frank Moss, citou exemplos de inovações onde trabalha: “o poder da paixão desempenhou um papel importante no MIT, em que alunos e professores foram incentivados a inventar e criar.” Já o professor da Parsons The New School for Design, Bruce Nussbaum, falou sobre a sua experiência como jornalista na Business Week e autor do livro Inteligência criativa.

O editor de lentes e tecnologia do Vision Monday e da 20/20 norte-americana, Andy Karp, apresentou a segunda sessão que teve foco nas novas tendências eletrônicas para a visão tecnológica, que o Vision Monday chama de “Eye2”.

O co-fundador e diretor de estratégia da XPand, uma empresa de óculos 3-D, Ami Dror, apresentou seus produtos que têm aplicações clínicas. E falou sobre seu mais novo produto, o Amblyz, óculos de prescrição para o tratamento da ambliopia. O presidente e CEO da eSight Corp, Kevin Rankin, discutiu os óculos eletrônicos a partir de uma perspectiva clínica. O fundador e CEO da DigitalVision Systems, Keith Thompson, apresentou uma nova “refração virtual”, tecnologia que se destina a substituir o foróptero convencional. Já o CEO da 4iiii Innovations, Fyfe Kip, apresentou o Sportiiii, dispositivo que pode ser anexado a qualquer armação para fornecer dados biométricos a atletas.

Outro novo “pensador criativo” da área de saúde, David de Ouro, fundador da Perc e da Eye Home Network, contou como está tomando medidas para eliminar redundâncias e melhorar a eficiência em suas empresas.

Repensando conceitos – Para fazer um resumo dos diversos temas abordados nesse dia, o editor e diretor da célebre revista de negócios Fast Company, Robert Safian, uniu todos os pontos-chave desse desafio da criatividade. “Vou encorajá-lo a repensar seu modelo de negócio”, afirmou. “É fácil a resistir à mudança. Então, tire ideias de todos que o cercam. Permita que mostrem e compartilhem seus talentos. Os tomadores de decisão devem estar dispostos a integrar novas ideias para o núcleo de seu modelo de negócio e deixar de fora conceitos e práticas datadas.”

Enviar por email

Compartilhar

Últimas edições