tamanho da letra : imprimir

A óptica no mundo

A óptica no mundo

Enviar por email

Compartilhar

Essilor

A visão dos taxistas
Com o objetivo de chamar a atenção para a importância de manter a saúde visual em dia, a Essilor tem se dedicado a estudar de que forma a falta da visão pode impactar as pessoas em situações da vida diária. Dessa vez, elegeu os taxistas como público-alvo: uma equipe de profissionais da multinacional francesa conduziu um estudo junto a 2,1 mil motoristas de 21 grandes cidades do mundo sobre os hábitos visuais desse grupo de trabalhadores.
Os taxistas foram entrevistados sobre questões relacionadas à visão tais como última vez que tinham feito um exame de vista, além de participarem de testes de visão à distância e percepção 3D e foram avaliados com base no padrão de visão normal, considerada uma acuidade visual de 10/10.

Os resultados revelaram que 92% dos motoristas de Nova York e 95% dos de Los Angeles que participaram da pesquisa têm visão normal. Entretanto, em caráter global, a situação muda um pouco de figura: um entre cinco motoristas de táxi não tem visão normal; quatro entre cinco taxistas têm dificuldade de avaliar com precisão a distância, especialmente ao estacionar; um entre cinco taxistas não tinha feito exame de vista nos últimos cinco anos.
Para contribuir com a qualidade visual dos motoristas que participaram do estudo, a Essilor ofereceu vales para consulta e exame gratuitos com especialistas da visão.

Mykita

Segunda loja na Suíça
Fica em Zermatt, top estação de esqui nos Alpes suíços, a 1,6 mil metros de altitude, a loja de número nove da Mykita, a grife alemã de design óptico. O novo ponto de venda foi aberto em janeiro e o projeto arquitetônico segue o mesmo conceito das lojas da rede com elementos como a parede branca com fundo iluminado que expõe os óculos e móveis com rodinhas que, além de servirem de “estoque ambulante”, também fazem as vezes de balcões de atendimento. Nesse caso, a madeira na fachada foi o toque final do projeto, harmonizando com o espírito de inverno do local.

As outras oito lojas da grife alemã de design óptico estão na Europa (Berlim, Paris, Viena e Zurich), na América Latina (Monterrey, México, e Cartagena, Colômbia) e na Ásia (Tóquio).

Projeto arquitetônico: a madeira na fachada “respira” o ar de inverno na estação de esqui

Projeto arquitetônico: a madeira na fachada “respira” o ar de inverno na estação de esqui

Design óptico: a loja da Mykita em Zermatt é a segunda da grife alemã na Suíça

Design óptico: a loja da Mykita em Zermatt é a segunda da grife alemã na Suíça

Luxottica

Novo comando no varejo de luxo
O braço de luxo da divisão de varejo da Luxottica nos Estados Unidos tem um novo diretor: trata-se do norte-americano Ed Jankowski, que sucede o executivo Rob McCoy e ficará responsável pelas redes Ilori e Optical Shop of Aspen (as duas redes posicionadas no topo de sua operação de varejo), e se reportará ao presidente da Sunglass Hut North America, John Haugh.

Antes da Luxottica, Jankowski atuou como diretor geral para os Estados Unidos da Godiva Chocolatier, responsável por uma operação de US$ 400 milhões, composta por 240 pontos de venda, e como COO (do inglês, “Chief Operating Officer”, sigla que denomina o cargo de diretor executivo de operações) da Solstice, rede especializada em óculos solares de propriedade da Safilo.

Opti’14

Sucesso em Munique
Acima de 24 mil profissionais de 80 nações visitaram os mais de 500 stands das empresas expositoras de 34 países da Opti 2014, a feira alemã realizada em Munique, de 10 a 12 de janeiro. Houve avanço em relação à edição anterior, que contabilizou 23,2 mil visitantes de 70 países e 491 expositores.

Segundo o presidente do conselho de administração do evento, Dieter Dohr, tanto o aumento do número de visitantes quanto do total de expositores é um sinal claro da aprovação da Opti logo nos primeiros dias do ano.
A feira já tem data marcada para 2015: 8 a 10 de janeiro (de quinta-feira a sábado) na Fairground Messe.

1129

OneSight

Expansão em 2014
Por ocasião de seus 25 anos de existência, completados em 2013, o OneSight, programa social sem fins lucrativos focado na saúde visual que tem a Luxottica como patrocinadora global, anunciou na última semana de dezembro a expansão de seus projetos sustentáveis, a fim de prover atendimento visual e doação de óculos em 14 países. Assim, em 2014, retomará o trabalho de clínicas visuais na África do Sul, na China, no México, na Nicarágua, no Peru e na Tailândia, além de expandir a atuação no Brasil, na Indonésia e no Vietnã e continuar os programas regionais de cuidado visual na África do Sul, na Austrália, no Canadá, na China e nos Estados Unidos.

Outro braço do programa que também ganhará reforço são os projetos sustentáveis de cuidados visuais em escolas e comunidades. Tendo como base o sucesso do programa-piloto implantado no ano passado na cidade de Farafenni, na Gâmbia (África Ocidental), o OneSight abrirá mais três centros de visão permanentes e um laboratório central na própria Gâmbia, país que, antes da chegada do OneSight, tinha apenas um optometrista para cada 1,8 milhão de pessoas.

Além disso, também expandirá o sucesso do OneSight Vision Center implantado na escola Oyler, em Cincinatti, no estado norte-americano de Ohio, para pelo menos mais quatro escolas nos estados da Califórnia, de Nova York e em outras comunidades.

Como parte de seus esforços filantrópicos globais, a Luxottica apoia a participação de seus funcionários como voluntários nos programas do OneSight. A estimativa é que em 2014 mais de 1,1 mil empregados de 40 países da corporação italiana tomem parte de programas do OneSight, que nasceu em 1988 como um programa social de uma das mais importantes redes de óptica nos Estados Unidos, a LensCrafters, adquirida pela Luxottica em 1995. Nestes 25 anos, já atendeu 8,5 bilhões de pessoas em 40 países.

OneSightLogo_Vertical_Tag

Enviar por email

Compartilhar

Últimas edições