tamanho da letra : imprimir

A óptica no mundo

A óptica no mundo

Enviar por email

Compartilhar

Safilo

Polaroid, de vez, na casa

A divisão de óptica da Polaroid já está definitivamente nas mãos da Safilo. No início de abril, a empresa divulgou a conclusão da compra da Polaroid Eyewear, negociação anunciada no final de novembro. Com isso, a Polaroid, que completa 75 anos em 2012 com a tradição das lentes polarizadas e o fato de ter sido uma marca icônica de solares há algumas décadas, passa a figurar no portfólio de marcas próprias da Safilo ao lado de Carrera, Safilo e Smith.

Hoya

Expansão no Brasil

A divisão Vision Care da japonesa Hoya Corporation anunciou, no começo de abril, a aquisição definitiva da Optotal Hoya S.A. As empresas têm uma parceria desde 1992 e, em 2007, estabeleceram uma joint venture (do inglês, algo como “empreendimento conjunto” e expressão do mundo dos negócios que denota a associação de empresas para a realização de um determinado empreendimento comercial) a fim de abrir o primeiro laboratório de lentes oftálmicas da corporação japonesa no Brasil, mais precisamente, no Rio de Janeiro.

Segundo o VMail, o informativo virtual da Jobson Publishing, a Optotal opera o maior laboratório de lentes oftálmicas e é uma das maiores atacadistas de lentes do mercado brasileiro. Tem 400 empregados e sua venda anual cresceu cerca de 28% desde 2008.

Com a aquisição da Optotal, a Hoya marca definitivamente sua presença na América do Sul e assume uma postura mais agressiva no mercado brasileiro, que está em franco crescimento. Até 2013, a população local deverá passar dos 200 milhões de habitantes e o total de consumidores acima de 45 anos deverá exceder os 57 milhões.

FIT

Prêmio de design

O Fashion Institute of Technology (FIT), renomado braço de moda da Universidade de Nova York, e o Accessories Council, entidade para divulgação e promoção de acessórios em geral, firmaram parceria para apoiar uma nova geração de designers por meio de uma competição e uma cerimônia de premiação para os estudantes que aspiram trabalhar na indústria da moda, incluindo a óptica.

McGee

Licença para Badgley Mischka

O grupo McGee e a Badgley Mischka, ambos norte-americanos, fecharam contrato de licenciamento para design, produção e distribuição mundial da coleção de óculos da grife fundada em 1988, em Nova York, pela dupla Mark Badgley e James Mischka, célebre por criações e vestidos de noiva que caíram no gosto do público fashionista. O lançamento está previsto para janeiro.

Além da Badgley Mischka, a McGee tem em seu portfólio marcas como Vera Bradley, Agryleculture by Russel Simmons e XOXO. Já a Badgley Mischka é parte do conglomerado de marcas norte-americano Iconix Brand desde 2004 e, até então, a licença de sua coleção de óculos estava nas mãos da também norte-americana Sama Eyewear.

© Divulgação

Rudy Project

Agora é Race

Desde o fim de março, a Rudy Project North America trocou de nome para Race, sigla para Running and Cycling Enterprises (do inglês, algo como “empresas de corrida e ciclismo”). Além da marca Rudy Project, a Race irá distribuir a XX2i Optics, linha de valor mais acessível. De acordo com o comunicado oficial, o novo nome traduz melhor os planos da companhia de expandir seus negócios, seja nos óculos, nos capacetes, nas roupas e nos acessórios.

Safilo

Empresa responsável

A corporação italiana recebeu duas certificações internacionais. A primeira (a SA8000:2008) está relacionada à responsabilidade social corporativa, e a segunda (a OHSAS18001:2007), à segurança e à saúde ocupacional, ambas concedidas pela DNV Business Assurance, entidade internacional e independente líder no ramo de certificações. Anteriormente, a Safilo já havia obtido o UNI EN ISO 9001:2008, acreditação sobre qualidade de processos e negócios.

Silmo

Cheia de efeito

Responsável pelas mais belas campanhas publicitárias entre todas as feiras de óptica do planeta, o salão francês Silmo lançou sua versão 2012 fazendo ainda mais jus a essa reputação. Batizada de “Silmo Effect” (do inglês, o “Efeito Silmo”), mostra pessoas de diversos perfis usando óculos como peça-chave de seu visual de forma bem humorada, como um homem com um modelo solar azul de coração e uma mulher usando uma armação de cabeça para baixo. Assinando as imagens, a frase “Put some Silmo in your life” (do inglês, “coloque um pouco do Silmo em sua vida”).

A estratégia é atingir ainda mais visitantes para a exposição, que, este ano, ocorrerá de 4 a 7 de outubro no Paris Nord Villepinte, nos arredores de Paris. O evento reúne 900 expositores e 1,4 mil marcas em mais de 80 mil metros quadrados, com uma média anual de 35 mil visitantes – desse total, mais de 50% estrangeiros.

© Divulgação

Resultados Financeiros

Hal

O lucro líquido da Hal Holding em 2011 subiu 14%, perfazendo € 493 milhões (no ano passado, foi de € 432,1 milhões). A receita bateu os € 3,9 bilhões, em comparação com € 3,7 bilhões no período anterior (€ 227 milhões ou 6% a mais). Excluindo o efeito de aquisições, alienações e ajustes de câmbio, a receita cresceu 3,6%. O valor de ativos líquidos aumentou de € 5,87 bilhões para € 5,97 bilhões.

A receita de varejo, incluindo Pearle Europe, GrandVision e outras cadeias, foi de € 2,3 bilhões, o que representa um aumento de 4,4% comparado a 2010. Excluindo os efeitos de aquisições e ajustes de câmbio, a receita do varejo óptico aumentou € 68 milhões (ou 3,1%). O lucro operacional no varejo totalizou € 248 milhões, ligeiramente abaixo dos € 258 milhões do ano passado. A empresa afirmou que o lucro operacional foi negativamente afetado por perdas nos mercados emergentes e em países como Espanha e Grécia.

Marcolin

A corporação italiana registrou vendas líquidas de € 224,1 milhões em 2011, crescimento de € 18,5 milhões, 9% superior ao número de 2010 (€ 205,7 milhões). O lucro líquido atingiu os € 21 milhões, evolução de 13% em comparação aos € 18,6 milhões do período anterior. De acordo com o comunicado oficial, o grupo apresentou resultados recordes em 2011, caracterizado por um aumento das vendas globais em relação ao ano anterior, especialmente em mercados emergentes e com a assinatura do acordo em março de 2011 para a extensão do licenciamento da grife Tom Ford até dezembro de 2022. Em resultados locais, as vendas nos Estados Unidos subiram 3,7%. A Europa ainda é responsável por 53,5% das vendas totais do grupo e cresceu 4,6% em 2011, com bom desempenho principalmente na Alemanha, na França, no Reino Unido, na Rússia e na Turquia. A coleção da Diesel, a mais nova grife de seu portfólio, também têm sido muito bem-sucedida.

Safilo

O conselho de administração da Safilo aprovou os resultados financeiros consolidados de 2011. As vendas líquidas totalizaram € 1.101,9 milhão, aumento de 2% sobre os € 1.079,9 milhão registrados em 2010. O lucro líquido do grupo no ano foi de € 27,9 milhões (€ 0,7 milhão em 2010). A receita bruta total atingiu € 1.029,3 milhão, elevação de 3,7% em comparação com os € 992 milhões do ano anterior. As vendas do segmento de varejo foram de € 72,6 milhões.

 

Enviar por email

Compartilhar

Últimas edições