tamanho da letra : imprimir

A óptica no mundo

De Rigo

Enviar por email

Compartilhar

Lanvin no portfólio

A grife francesa Lanvin assinou com a De Rigo um contrato mundial de licenciamento para criação, produção e distribuição de sua coleção de armações de receituário e óculos solares. A Lanvin foi fundada em 1889 por Jeanne Lanvin e é uma das mais antigas casas de moda da França. Hoje, tem direção artística do criador Alber Elbaz, que administra todas as atividades da casa. A maison Lanvin conta atualmente com 24 lojas próprias e 22 franquias, além de vendas em 730 outros pontos, sem contar o e-commerce, que atende os mercados europeu e norte-americano. A previsão é que a coleção de estreia chegue às lojas da marca e às ópticas em dezembro.

© Divulgação

 

Luxottica

Enviar por email

Compartilhar

Sino do cinquentenário

Como parte das celebrações pelo aniversário de 50 anos da corporação italiana, o CEO (em inglês, “Chief executive officer”, sigla que denomina o cargo de diretor executivo) Andrea Guerra fez uma visita especial à bolsa de valores de Nova Iorque no dia 30 de junho, na companhia de outros executivos da Luxottica, para participar do ritual de encerramento do dia, tocando o sino que anunciava o fechamento do pregão.

 

Essilor e Shamir

Enviar por email

Compartilhar

Conclusão da aquisição

A Essilor anunciou em julho que a compra de 50% da israelense Shamir Optical, também fabricante de lentes oftálmicas, foi finalizada após o cumprimento à legislação do país do Oriente Médio e às condições impostas pelas partes envolvidas. O negócio foi anunciado em outubro e recentemente aprovado pelos acionistas da Shamir e a Corte Distrital de Nazaré, em Israel.

O comando da Shamir seguirá o mesmo e, para efeitos contábeis, faz parte da Essilor desde o primeiro dia de julho. Em 2010, os lucros da companhia foram de US$ 158 milhões.

 

Mido e Anfao

Enviar por email

Compartilhar

Cirillo Marcolin na presidência

Em 7 de julho, durante conferência de membros da Anfao, a entidade que congrega o setor óptico na Itália e promove a maior feira de óptica do mundo, a milanesa Mido, ficou definido que Cirillo Marcolin será o novo presidente tanto da Anfao quanto da Mido e também da Federação italiana de acessórios pessoais e de moda, mais conhecida pela sigla “Fiamp”.

Com um mandato de dois anos, Marcolin substitui Vittorio Tabacchi e, assim, volta a posição que ocupou de 2003 a 2007. Tabacchi seguirá no comando da Comissão de defesa da visão, cargo em que está há quatro anos.

Também foram apontados quatro vice-presidentes executivos da Anfao: Maurizio Dessolis (De Rigo), responsável por grandes corporações; Callisto Fedon (Giorgio Fedon & Figli), a cargo da Certottica, o instituto italiano que cuida da certificação de produtos; Paolo Pettazzoni (Optovista), que cuidará de lentes e relações com distribuidores, e Renato Sopracolle, responsável pelas pequenas empresas.

Já os novos dez diretores da nova gestão são Elena Berton (Arlecchino), Paolo Cannicci (Sover), Carlo Dorigon (Gatto Astucci), Antonio De Silvestro (Diesse), Claudio Francavilla (Luxottica), Lucio Lozza (Allison), Paolo Seminara (Italian Style), Andrea Valmassoi (Trevi Coliseum), Gianni Vetrini (Barberini) e Giovanni Vitaloni (Nico Design).

 

Luxottica

Enviar por email

Compartilhar

Bom primeiro semestre

Crescimento de 13% na Europa, crescente demanda por marcas premium e vendas excepcionais foram alguns dos fatores que contribuíram para que os primeiros seis meses de 2011 se transformassem em um período de recordes para a Luxottica. Esse é o resumo da apresentação aos acionistas feita pelo CEO, Andrea Guerra.

Nos primeiro semestre, o total das vendas líquidas (atacado mais varejo) bateu os € 3,19 bilhões, 6,8% a mais em taxa de câmbio constante em relação ao mesmo período do ano passado. A receita líquida, por sua vez, cresceu 12,9%: € 276,8 milhões.

Na divisão de varejo, as vendas líquidas subiram 3,5%, chegando a € 1,84 bilhão (no mesmo período de 2010, esse valor ficou em € 1,7 bilhão). Houve também um crescimento de 3,1% na comercialização de armações de receituário e lentes oftálmicas.

Já no atacado, os números são de € 1,35 bilhão em vendas líquidas no primeiro semestre – 11,7% a mais em câmbio constante do que nos primeiros seis meses do ano anterior.

 

Rodenstock

Enviar por email

Compartilhar

Parceiros nos Estados Unidos

Para dar início a uma nova estratégia corporativa no mercado norte-americano, a Rodenstock está criando uma rede de laboratórios parceiros franqueados que irão produzir as lentes multifocais Rodenstock Impression sob a tecnologia freeform.

De acordo com um porta-voz da corporação alemã, o investimento é a base para firmar futuras parcerias sólidas. Em contrapartida, a Rodenstock requer a instalação de um sistema de inspeção de surfaçagem a fim de checar e assegurar a qualidade dos produtos que levam a sua marca.

 

Vision Council

Enviar por email

Compartilhar

Seminários na Ásia

Em parceria com a Associação de fabricantes de óptica de Hong Kong, a entidade norte-americana Vision Council, que congrega todas as áreas da visão no país, realizou, em junho, dois seminários na Ásia, um em Hong Kong e outro em Xiamen. O foco foram regulamentações e normas vigentes nos Estados Unidos para esclarecimento dos fabricantes da região, iniciativa promovida a pedido de membros do Vision Council que têm empresas asiáticas como parceiras, a fim de educar e orientar sobre as mudanças ocorridas no mercado norte-americano.

Cerca de 270 profissionais compareceram aos seminários, ministrados por equipes técnicas do Vision Council. Na pauta, leis e decretos que impõem, nos Estados Unidos, a importância da segurança do consumidor, um perfil do mercado norte-americano e a apresentação dos programas e das políticas do Vision Council.

 

Luxottica

Enviar por email

Compartilhar

Varejo em Israel

Em agosto, a Luxottica anunciou mais uma aquisição de sua divisão de varejo: a rede israelense Erroca, especializada em óculos solares, com mais de 60 pontos-de-venda. A transação marca a entrada do braço de varejo da corporação italiana em Israel e a meta é que a rede passe a empunhar a bandeira mundial do “varejo solar” da Luxottica, sendo renomeada para Sunglass Hut.

Esse movimento faz parte da estratégia global de expansão dos italianos para sua marca de “varejo solar” Sunglass Hut e a projeção da estratégia batizada de “sun belt” (do inglês, algo como “cinturão do sol”), que inclui a abertura da rede em regiões com alto número de dias ensolarados por ano – em 2011, a Sunglass Hut já entrou no México, Brasil e China.

A transação com a Erroca ainda está sujeita à aprovação das entidades regulatórias locais, está prevista para ser encerrada em outubro e envolve valores em torno de € 20 milhões. Presente em shopping centers nas cidades de Jerusalém, Tel Aviv e Eilat, a expectativa de vendas líquidas da rede para este ano é de € 25 milhões.

 

Enviar por email

Compartilhar

Últimas edições