tamanho da letra : imprimir

A experiência Transitions Academy

Depois de três anos, a Transitions retornou aos domínios de Walt Disney para promover a 18ª edição de sua Transitions Academy, evento anual promovido em Orlando, no estado norte-americano da Flórida, realizado este ano de 26 a 29 de janeiro no Disney Contemporary Resort com a presença de 1,3 mil profissionais de visão dos Estados Unidos, do Canadá, do Brasil e dos demais países da América Latina. Mais uma vez, a VIEW esteve lá, com a presença da editora Andrea Tavares.
Andrea Tavares Andrea Tavares e Divulgação

Enviar por email

Compartilhar

2281a

Retorno à Disney World, lançamento de produto com direito à nova tecnologia, consagração de novos laboratórios, treinamento para a vida, noite de gala e muito mais. Esses foram os pontos altos da Transitions Academy de número 18, promovida de 26 a 29 de janeiro. Sim, depois de três anos tendo o Rosen Shingle Creek Resort como sede, a empresa de lentes fotossensíveis retomou seu “ciclo Disney” e escolheu o Disney Contemporary Resort, hotel situado na região do Magic Kingdom e um dos que tem, em seu interior, uma estação de monorail (o charmoso “trenzinho” de trilho único com ares high tech que encurta as distâncias no mundo mágico de Walt Disney).

Cerca de 1,3 mil profissionais de óptica norte-americanos, canadenses, brasileiros e latino-americanos marcaram presença nesta edição do evento que teve como tema “Vivencie!” (em português), “Experience it!” (em inglês) e “¡Vivelo!” (em espanhol), isto é, um convite a mergulhar fundo, conhecendo melhor a si mesmo, seus negócios e o mercado. E, como sabiamente afirmou um dos anfitriões do evento, o gerente geral para a América do Norte, Brian Hauser, “a informação não é capaz de transformar as pessoas, mas as experiências sim”.

Além disso, experiência é um tema mais que em alta no varejo de hoje, em que os especialistas propõem aos lojistas que proporcionem experiências de compra a seus consumidores, suplantando o até então incensado atendimento de qualidade. Enfim, mais um passo na evolução do mercado, o que requer profissionais cada vez mais qualificados para agradar a seus clientes.

Esse é o papel da Transitions Academy, há anos um dos mais importantes eventos de treinamento para o setor óptico das Américas – o termo “Academy” (do inglês, “academia”) é comumente usado nos Estados Unidos para designar encontros de profissionais já iniciados que têm por objetivo principal reciclar seus conhecimentos. E, mais que aprender, o contato com empresários de óptica de outros países é oportunidade e tanto para trocar ideias, além da valiosa chance de estreitar laços com colegas de outras regiões do Brasil e compartilhar experiências. Sem dúvida, o relacionamento é um trunfo para lá de estratégico do evento – muitos ópticos e empresários brasileiros se tornaram amigos e vários, inclusive, celebraram novas parcerias por conta da amizade feita ou consolidada durante as edições da Transitions Academy.

2033

A noite de abertura
“Rostos” da Transitions durante o evento, o presidente da Transitions para a América Latina, José Alves, e o gerente geral para a América do Norte, Brian Hauser, recepcionaram os convidados, abordaram em linhas gerais o tema do evento, o “Vivencie!”, e anunciaram o lançamento de uma nova família de lentes com direito à nova tecnologia de produto, a Transitions Signature VII com a tecnologia Chromea 7.

Alves e Hauser foram mais uma vez acompanhados da impagável mestre de cerimônias, que, nesta edição, incorporou a treinadora Myopia Snellen (em inglês, seu sonoro nome era nada menos que a junção da deficiência visual para longe, a miopia, e o quadro visual oftalmológico, mais conhecido como Escala de Snellen, criado pelo oftalmologista holandês Herman Snellen, nos idos de 1862). E como boa profissional, a coach (do inglês, “treinadora”) era investida de uma personalidade cheia de energia e trajada com roupas esportivas com inscrições que remetiam à Escala de Snellen.

Outra novidade foi o lançamento de um aplicativo para smartphones (IOS e Android) destinado aos participantes do evento. Gratuito nas lojas de apps, o “Transitions Academy” continha a agenda, perfis de palestrantes, links para redes sociais, mapas e outras funcionalidades para os frequentadores amantes da vida digital. Por conta disso, a conexão com a internet estava disponível todo o tempo, facilitando a comunicação.

Para continuar a noite de forma energética, o show de um quinteto vocal cantando célebres músicas de filmes e programas de tevê da Disney. Além das belas vozes e das emoções despertadas por conta das trilhas sonoras, a emoção maior ainda estava por vir. Era a hora de tirar qualquer dúvida que a Transitions estava de volta aos domínios de Walt e viver mais um momento mágico, bem de acordo com a filosofia da corporação Disney de proporcionar instantes para lá de especiais a seus convidados. O show foi “interrompido” por ninguém menos que Mickey, Pateta, Pato Donald, entre outros, que, depois de um breve desfile, dirigiram-se ao salão ao lado para um momento mais mágico ainda: muitos personagens da Disney e da Pixar esperavam os convidados em seus cenários para sessões de fotos. Momentos de emoção para adultos e crianças.

Bússola digital: o aplicativo para os participantes conectados

Bússola digital: o aplicativo para os participantes conectados

 

2040

Festa: quinteto vocal com as trilhas e os personagens da Disney

Festa: quinteto vocal com as trilhas e os personagens da Disney

 

A treinadora Myopia Snellen: a mais bem humorada mestre de cerimônias

A treinadora Myopia Snellen: a mais bem humorada mestre de cerimônias

 

Esperança, passaporte para a felicidade
A manhã de segunda-feira, 27 de janeiro, foi aberta com a palestra do psicólogo norte-americano e cientista do Instituto Gallup, Shane Lopez. Fazendo a esperança acontecer foi o tema de Lopez, pesquisador dedicado ao assunto, que afirma que a esperança faz, sim, diferença na vida das pessoas e das empresas. E mais: esperança traz felicidade e felicidade traz saúde.

Outra afirmação interessante é que o nível de esperança de uma pessoa é que determina o quão melhor ela pode ser. “Cada um é o super-herói de sua própria vida e, quanto mais tiver consciência disso, mais vai lutar por ela”, salientou Lopez. Consultas em www.hopemonger.com.

 

Bem-estar, pai da produtividade
Melhorando o bem-estar foi o tema da dinâmica que se estendeu pela segunda parte da manhã. Comandada por mais um especialista do Instituto Gallup, que estimulou os participantes a pensarem e a discutirem o tema em grupos. O bem-estar é dividido em cinco elementos essenciais: propósito (amar o que se faz e motivação para alcançar os objetivos), social (ter relacionamentos sólidos), financeiro (manter eficácia e gerenciamento da vida econômica), físico (ter boa saúde e energia para as tarefas do dia a dia) e comunitário (ter senso de compromisso com o lugar onde se vive). A dica foi analisar o estado atual em cada categoria, traçar o que fazer para se aproximar do estado desejado e o estado desejado do “próprio futuro” em si.

E a boa notícia é que o bem-estar faz tão bem quanto a esperança: pesquisas comprovam que níveis elevados geram mais produtividade, assiduidade e compromisso no trabalho.

Sucesso para as empresas: especialista do Gallup promoveu dinâmica e reflexões sobre o bem-estar

Sucesso para as empresas: especialista do Gallup promoveu dinâmica e reflexões sobre o bem-estar

Na prática, as novas lentes
Os trabalhos da tarde foram abertos com uma breve apresentação do diretor de pesquisa e desenvolvimento da Transitions, John Ligas, sobre a nova família de lentes, a Transitions Signature VII, e a sua tecnologia Chromea 7. A VIEW prefere não detalhar as características e os benefícios das novas lentes, já que o produto será lançado no Brasil dentro de algumas semanas, durante a Expo Abióptica 2014.

Seguiu-se, então, o momento de os participantes, divididos em grupos, testarem as novas lentes monitorados pelos cientistas da equipe de pesquisa e desenvolvimento da empresa. Além disso, uma espécie de gincana entremeava as atividades de caráter técnico: foi hora de testar o equilíbrio em um jogo de peças de madeira, identificar as cores de várias flores de acordo com uma tabela Pantone (o guia oficial de tons usado por profissionais) e colorir uma tela cujo desenho não ficava muito evidente, mas, dentro de algumas horas, tudo iria se esclarecer.

Muito prazer, Transitions Signature VII: o diretor de pesquisa e desenvolvimento, John Ligas, apresenta o novo produto

Muito prazer, Transitions Signature VII: o diretor de pesquisa e desenvolvimento, John Ligas, apresenta o novo produto

As habilidades para a mudança
O último dia da Transitions Academy versão 2014 começou com duas sessões simultâneas de treinamento para o público brasileiro, que se dividiu entre O.N.D.A. e Conduzindo mudanças, comandados pela DDI Consulting. A primeira teve como foco o atendimento ao cliente, em que foi apresentado um conjunto de habilidades, conhecido pela sigla “O.N.D.A”, para transformar situações difíceis com clientes em interações positivas, convertendo um cliente insatisfeito em um cliente satisfeito e leal. A segunda abordou a liderança, fornecendo recursos para líderes acelerarem a implementação da mudança, criando um eficaz ambiente de trabalho.

Para turbinar as vendas
A manhã se encerrou com a apresentação de marketing e vendas da Transitions para todo o público latino-americano, executada pela diretora de marketing, Vanessa Johns, e o diretor comercial, Rafael Piragine. As ações de marketing para o ano foram o foco de Vanessa, que também apresentou o novo filme publicitário da Transitions Signature VII e comentou que, por conta dos atributos das novas lentes, a taxa de conversão de lentes incolores para lentes fotossensíveis pode aumentar e, diante disso, falou dos esforços de marketing para estimular esse movimento.

Piragine apresentou os laboratórios finalistas brasileiros (Perego, Stürmer e Unilab) do prêmio Lab of the Year, a ser entregue naquela noite, exibiu um vídeo de cada e convidou todos a participarem da noite de encerramento. Para encerrar esse encontro, revelou-se a pintura final montada com os pequenos quadros coloridos na tarde anterior durante a apresentação das novas lentes.

Surpresa revelada: o resultado final que foi montado com pequenos quadros pintados por todos os participantes do Transitions Academy. À frente, Vanessa Johns e Rafael Piragine ao final de sua apresentação

Surpresa revelada: o resultado final que foi montado com pequenos quadros pintados por todos os participantes do Transitions Academy. À frente, Vanessa Johns e Rafael Piragine ao final de sua apresentação

Liderar é cultivar amor
Com essa declaração impactante, o consultor e conferencista californiano Steve Farber, autor do livro Greater than yourself (do inglês, algo como “Maior que você mesmo”), apresentou conceitos sobre liderança, o seu tema de estudo. Consultas em www.greaterthanyourself.com.

Steve Farber: liderança com amor

Steve Farber: liderança com amor

 

Noite de pompa e circunstância
A Transitions Academy Awards, isto é, o jantar de encerramento com a entrega dos prêmios concedidos pela empresa ganhou ares de gala neste ano, além de uma orquestra para harmonizar a noite. Entre um anúncio de vencedores e outro, show do quarteto Martini Pop e apresentação de dança direto do Dancing with the stars, a versão norte-americana do programa Dança dos Famosos.

Finalmente, chegou a hora de revelar o laboratório brasileiro campeão do Lab of the Year: o Laboratório Perego, de Araçatuba, interior de São Paulo. O laboratório vencedor da América Latina foi o colombiano Servióptica e o norte-americano, o Optical Prescription Lab (OPL), situado em Pelham, estado do Alabama.

Transitions Academy Awards: hora de celebrar

Transitions Academy Awards: hora de celebrar

 

Martini pop: hits contemporâneos com ares de big band

Martini pop: hits contemporâneos com ares de big band

 

Toque final: Dancing with the stars na Academy

Toque final: Dancing with the stars na Academy

 

E, para fechar, o Epcot
Os últimos momentos da Transitions Academy 2014 foram curtidos em uma balada no interior do Epcot Center, o parque mais futurista concebido por Walt Disney. Além de uma pista a céu aberto, os convidados puderam desfrutar duas atrações do local, a velocidade Test Track Chevrolet e o simulador espacial Mission Space.

2090

 

Mais

“Vivencie”: a experiência Transitions Academy
VIEW Stars: os brasileiros na Transitions Academy 2014
Lab of the year: Perego é o vencedor da versão Brasil
Estatísticas: os números do Lab of the Year Brasil

Enviar por email

Compartilhar

Últimas edições